• Perspectiva Nova - Cara, tens noção da mulher que deixaste partir?
    CONSELHOS DE MESA DE BAR

    Cara, tens noção da mulher que deixaste partir?

    Desejo-te o melhor do mundo, ainda que isto já tenha lhe escapado das mãos.

  • Blog Perspectiva Nova - AMIZADE APRENDIZADO IDAS E VINDAS IRMANDADE
    Idas & vindas

    Sempre bom poder contar contigo, amiga!

    Sei que às vezes é um saco me aturar. Por mais simpática que pareço ser, sabemos bem a ogrinha na qual realmente sou com piques de humor exacerbantes.

  • Amizade

    Porque ela é dessas

    Ela tem uns parafusos a menos, faz do tipo “a do contra”, não se importa se vão pensar bem ou mal da sua pessoa. Aliás, se ela se importa contigo ou não, tu saberás.

  • Blog Perspectiva Nova - simplicidade
    Positividade

    Me amarro mesmo é em gente simples

    São essas pessoas que quero sempre ter por perto! Ninguém merece pessoas frias, falsas e que mantêm contato contigo apenas por interesse.

  • Perspectiva Nova -  DESAMORES ELE METAFORICAMENTE VERSIFICANDO
    Desamores

    Ele é ímpar

    Faço amor, ele faz jogos.

    Ele é romance, sou ficção.

    E eu só queria ser seu par...

  • Atitude

    O dia que ela ligou o “foda-se”

    Foi incrível! Ela se valorizou da forma que merecia e então deixou de ser gota para ser oceano.

Que floresça

© Amaal Said

Onde a inveja paira
No que acende o ódio
Na fronteira que separa
No que afasta do pódio

Sobre amarguras profundas
Em todo mal causado
Na depressão que afunda
Sobre o perdão negado

No preconceito que segrega
Por onde fores
Na dolorosa espera
Nos dissabores

No que enrijece o coração
Onde mora a ignorância
Toda oração
Até cessarem a matança

Onde não há reciprocidade
Sobre o sangue derramado
De norte a sul da cidade
No amor recriminado

Lindos sentimentos
Belas amizades
Regados por muitas bênçãos
Muitas de felicidades

Sobre as conquistas
Em todos os dias de luta
Pessoas otimistas
Paz absoluta

Ainda que verão de sol quente
Após cada inverno
No meio do outono inexoravelmente
Até no averno

Cara, tens noção da mulher que deixaste partir?

perspectiva nova - a mulher que deixaste partir

Juro que não entendo o que se passa nessa sua cabecinha oca.
Reclama que a vida nunca lhe dá a oportunidade de viver um amor verdadeiro, mas acredito que é você quem não está se permitindo viver um amor desses.
E ainda que a sua ficha caia agora, nesse instante temo ser tarde demais.
Ela não vai mais voltar.
Você queimou a primeira e a segunda chance.
E com ela não tem disso de terceira, quarta, quinta...
Porque por mais que goste de você loucamente, ela não é louca o suficiente para te colocar antes dela mesma. É que a vida não foi tão generosa com ela como é contigo. Ela teve que aprender na raça, dando a cara para bater, apanhando bastante, sobrevivendo a cada uma... Cara, ela é uma guerreira!

Você bem sabe melhor que qualquer outro que não foi fácil conquistá-la. E não é!
Ainda mais ela, a rainha do gelo.
O que eu não entendo é qual razão você teria para brincar com ela desta forma.
E ela nem sabia que estava num jogo. O seu jogo. Jogo sujo...
O que ela te fez afinal de contas? Além do afeto puro que ela te deu a troco de nada?
Você se recorda, né? De quando você estava naquela cilada onde ninguém acreditava nas suas palavras. Ela acreditou. Sem lhe pedir prova alguma. Mais: ela te defendeu com unhas e dentes. Como uma leoa protegendo seu leão.
E aquela vez que você conseguiu aquilo que tanto queria? Só ela podia entender a felicidade que transbordava seu sorriso. Afinal, ela esteve ao seu lado durante todo esse tempo.
Agora, me diga: o que você fez para ela? Além de lhe causar tantas noites mal dormidas por brigas bobas?
Foi muito feio da sua parte iludi-la assim...
As amigas dela bem que avisaram: você é um vacilão!
Pode até ser um bom amigo, um bom vizinho, um bom colega de trabalho, um bom filho. Mas não deixa de ser um bundão quando o assunto é amor.

Como você pode ter se dado ao luxo de se desfazer de alguém dessa forma?
Alguém que lhe admirava pelo que você era de verdade, sem suas máscaras.
Alguém que amava te ajudar com esse peso que você carrega nas costas.
Alguém estava ali por você todo o tempo.
Ninguém é descartável não! As pessoas têm sentimento.
Por mais que sejam frias, elas têm.
Até você tem (embora não pareça)...

Então vai baixando essa bola aí que você não é tudo isso, meu bem.
Talvez seja desses que precisa sentir na pele para aprender o real sentido.
Talvez seja desses que precisa perder para dar valor.
Pode ser o que for, mas não é melhor e nem pior que ninguém.
Por isso desejo-te o melhor do mundo, ainda que isto já tenha lhe escapado das mãos.

Não sinto mais nada por você, a não ser preguiça

Preguiça de você - Perspectiva Nova blog

Descobri isso recentemente quando sua notificação chegou e eu me perguntei que merda você queria afinal. Uma falta de paciência me tomou, revirei os olhos e se quer me dei ao trabalho de visualizar...

Foi estranho, a princípio.

Quantas vezes fiquei com a janela do chat aberta te esperando me chamar/responder? Incontáveis... E na sua demora inventava pra mim mesma que você estava ocupado com assuntos mais importantes como seus estudos e o trabalho e que eu estava sendo insensata te incomodando. O mesmo acontecia quando você sumia, tentava me convencer das suas desculpas bizarras que nem você era capaz de acreditar nelas.

Fiquei com receio por não ter te lido. Depois de tudo que eu fiz pra conseguir sua atenção não podia me dar ao luxo de te ignorar assim. Mas daí, quando abri a mensagem só conseguia pensar “ah neeeem, esse papo de novo?”. Não consegui te responder, foi mal.

Eu não sou assim, você sabe. Eu não sei é como tanto carinho e excitação se transformaram nessa antipatia toda. Falta de reciprocidade da sua parte, talvez, no início. Ou vai ver que o que eu sentia não era tão forte assim quanto pensei que fosse porque eu não te quero mais.

Se o jogo virou? Só que não. Não mesmo! Não quero que sinta na pele tudo o que eu senti ou que goste de mim o quanto cheguei a gostar de você. Não desejo que algo de ruim nem de bom te aconteça. Simplesmente tô nem aí. Sua existência se tornou irrelevante.

Meu deus, como pude gastar meu precioso tempo com alguém da sua laia!? Não era eu, não pode ser! Juro que não sou patética a esse nível.

Para onde foi todo aquele brilho que te revestia? Me recordo de termos tido momentos bons, muito bons pra ser sincera contigo. Mas isso não serve para anular esse asco que tomou conta de mim.

Que tremenda preguiça dessas suas justificativas idiotas, de quando você vem com essa cara de cão sem dono, do seu drama retardado, dessas histórias ridículas, das suas postagens bestas, da sua voz e até do ar que você respira.

Desculpa, devo estar ficando velha... não tenho mais saco para aturar essas chatices.
Até porque não sou obrigada.
Ninguém é.