Little sister

blog Perspectiva Nova - texto irmã mais nova

Desabrochando tão rapidamente quanto um piscar de olhos e não importa, para mim será sempre minha pequenina. Aquela que sobe com os pés imundos na minha cama sabendo que vai levar uns xingos; que rouba meu brigadeiro de panela guardado na geladeira; pega sem autorização minhas melhores roupas e depois as devolve sujas; que pode zoar meus casos amorosos, minha juba de leão ou mesmo me chamar de vaca, cachorra, cavala (risos) que não vai sair sequelada depois de abrir o bocão.

Vez ou outra trocamos farpas, grosserias, tapas, ofensas... E também beijos, abraços, fofocas, confissões e carinhos. Ela é a única que brigo já pensando em como fazer as pazes porque não suportaria carregar o fardo de tê-la feito algum mal. Não compartilhamos apenas o mesmo batom vermelho e o mesmo perfume barato, mas também os amigos e até inimigos. Sim! Mexeu com uma, mexeu com a outra!

Agora, vejam só! Ela e seu narizinho de batata são donos de si. Seu cabelo bagunçado e sua voz impetuosa já não assustam mais, pelo contrário: encanta a todos, principalmente com seu sorrisão. Ela é um verdadeiro diamante bruto se auto lapidando lindamente. Coisa mais inspiradora de se ver! Ela é intensa, persistente em seus sonhos, convicta no que diz, metida a durona e adora bancar a certinha. Já eu sou toda errada mesmo... Que seria de mim sem ela para me colocar nos eixos!?

Ei, minha flor! Peço-te cuidado por onde fores e a quem entregas teu coração. A vida e as pessoas vão te decepcionar, sim, em muitos aspectos, infelizmente. Todavia, mantenha essa chama acesa em ti, essa vontade imensa de crescer humanamente e verás como terá valido a pena teu esforço.

Eu estarei aqui na plateia te assistindo, pronta para te aplaudir e ajudar no que for preciso assim como a mamãe também estará. E nem tenhas a ousadia de pensar que só porque tu cresceste uns centímetros a mais que ela, ela te poupará algumas palmadas! Não mesmo, pois já vou logo avisando que a velha fica cada vez mais exigente com nossos compromissos e responsas. Mas aquele nosso esquema ainda será o mesmo, ok? Eu te encubro e tu me encobres. A gente é irmandade, tem muita cumplicidade e amizade envolvida.

Não posso (e nem devo) trilhar teus caminhos para ti, tampouco tentar de prender numa gaiola dourada e querer que sejas tudo que não consegui ser ou alcançar. Então a ti somente o voo mais alto. Que nem o céu tente ser teu limite. Que tuas conquistas sejam alcançadas, que teu brilho nunca seja ofuscado, que os deuses não poupem bençãos sobre ti.

Tu e esse teu coque maluco ao topo da cabeça são sangue do meu sangue e, mais do que isso, minha companheira, amiga e pau pra toda obra, luz para todo momento, fonte de energia em tempos difíceis, meu farol em alto mar. Zelo para que o universo continue a teu favor, para que o sucesso continue sendo consequência de tuas lutas. E não esqueça que toda essa humildade e gentileza em teu coração vão te levar longe, garota!

Nenhum comentário

Postar um comentário